Mulher sorridente com Galsses
Grafismo opção1.png

PROLAPSO DE ÓRGÃOS PÉLVICOS

Prolapso de órgãos pélvicos é um conjunto de alterações da região pélvica que resultam na queda de algumas estruturas como a bexiga, o reto, a vagina e o útero quando ainda presente.

Com a idade e a queda dos níveis hormonais, o colágeno que compõe os ligamentos de sustentação e suspensão dos órgãos torna-se flácido e a associação com partos normais pode agravar o quadro.

Prolapso_Genital.png

1. Prolapso de cúpula vaginal

2. Cistocele

3. Retocele

SINTOMAS DO PROLAPSO UTERINO

Muitas mulheres que apresentam prolapso uterino não apresentam sintomas ou sinais decorrentes do problema.

 

Aquelas que apresentam sintomas relatam sensação de pressão e peso na vagina. Também pode haver perda urinária, incontinência fecal e constipação, acarretando em diminuição do desejo sexual por medo e desconforto.

TRATAMENTO DO PROLAPSO UTERINO

A melhor técnica cirúrgica será indicada conforme a severidade do quadro e a necessidade da paciente. Podem ser por via abdominal, laparoscópica, vaginal, com colocação de tela.

Fisioterapia pélvica específica, orientações, tratamento hormonal e pessários (dispositivos de silicone são colocados na vagina para apoio dos órgãos prolapsados) são alternativas e coadjuvantes ao tratamento cirúrgico.

Recentemente, terapias com laser vaginal e radiofrequência tem proporcionado uma melhora estrutural no epitélio vaginal diminuindo os sintomas e proporcionando uma melhor qualidade de vida.