O que são Miomas?

Miomas atingem cerca de 50% das mulheres na faixa etária dos 30 aos 50 anos. São tumores benignos que se originam de células de músculo liso. Podem aparecer em diversas estruturas na pelve da mulher, principalmente no útero pelo seu alto número de células deste tipo. Mulheres que desenvolvam miomas pequenos e que não apresentem sintomas podem conviver com os miomas para sempre.  

O que causa o Mioma?

O aparecimento do mioma está relacionado a uma desordem no crescimento de uma célula muscular. Esta célula multiplica-se originando os tumores benignos que conhecemos como miomas. Por apresentarem diferentes tipos de receptores hormonais, os miomas podem ter diferentes taxas de crescimento e às vezes necessitar tratamento específico.

Quais as consequências dos Miomas?

Miomas podem estar presentes durante toda a vida da mulher e não causar nenhum problema. Dependendo de seu tamanho e localização, alguns miomas podem levar a:

  • dor abdominal, pélvica e durante a relação sexual (cólicas e dores durante a relação sexual)

  • maior quantidade e duração de sangramento, principalmente em miomas submucosos e intramuros grandes

  • infertilidade (dificuldade para engravidar), principalmente para aqueles que obstruem a saída para as tubas uterinas. 

Miomas com localização específica e tamanho acentuado, ou múltiplos miomas podem causar sintomas de compressão. Algumas pacientes podem relatar dificuldade ou aumento da frequência ao urinar ou dificuldade ao evacuar. Miomas múltiplos e grandes podem levar a aumento do volume abdominal e desconforto

Como os Miomas são diagnosticados?

Os miomas são diagnosticados através do relato dos sintomas ao seu médico, do exame ginecológico e exames de imagem complementares. A descoberta dos miomas costuma ser feita durante os exames de rotina da mulher. A ressonância magnética é o exame de escolha e ajuda a mapear os miomas na pelve para uma eventual cirurgia. 

 

A histerossalpingografia, exame realizado com a injeção de contraste através do colo uterino, auxilia a visualização da forma da cavidade uterina e permeabilidade das tubas. É de extrema importância para avaliação de miomas submucosos (que se projetam para a cavidade uterina) em pacientes que sangram ou que tem dificuldade ao engravidar.

Miomas causam infertilidade?

A fertilidade feminina pode ser afetada pelos miomas uterinos. ​Apesar de comum, o mioma uterino é responsável por apenas 3% dos casos de infertilidade, ou seja, na maioria das vezes sua presença no útero não impede ou atrapalha a gestação. Miomas que apresentem receptores de progesterona podem crescer durante a gestação por este ser o hormônio vigente.

Os miomas que comprovadamente aumentam a infertilidade são os submucosos (que ocupam a cavidade interna do útero) e os intramurais (que ficam na parede do útero e o distorcem).

Miomas causam câncer?

Miomas não causam câncer e não se transformam em câncer. Acredita-se que as mesmas células que originam o mioma podem originar um outro subtipo maligno semelhante, o leiomiosarcoma. Este câncer costuma ser agressivo, ter crescimento rápido e tem pior prognóstico.

DÚVIDAS SOBRE MIOMAS

AGENDE SUA CONSULTA PARTICULAR / REEMBOLSO

ITAIM BIBI >>

Rua Joaquim Floriano 960

Itaim Bibi - São Paulo - SP

11 3079-0866

PERDIZES >>

Rua Ministro Godói, 478 Cj. 33

Perdizes - São Paulo - SP

11 3865-0312

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone LinkedIn

Operamos nos melhores hospitais de São Paulo: Albert Einstein, Sírio Libanês, Santa Joana, Pro Matre, Santa Maria, Samaritano, Nove de Julho e Oswaldo Cruz

Auxiliamos e acompanhamos o processo de solicitação de reembolso junto aos convênios

FALE CONOSCO

Por Consutti para Dr. Rodrigo Fernandes - CRM 130.684

Excelência exige sensibilidade