AGENDE SUA CONSULTA PARTICULAR / REEMBOLSO

Consultório no Itaim Bibi

Rua Joaquim Floriano 466 Cj. 603

Itaim Bibi - São Paulo - SP

11 3074-2150

Consultório em Perdizes

Rua Ministro Godói, 478 Cj. 33

Perdizes - São Paulo - SP

11 3865-0312

Excelência exige sensibilidade

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone LinkedIn

1/1

Currículo do Dr. Rodrigo

Graduado em Medicina pela Universidade Metropolitana de Santos 


Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Santa Casa de São Paulo com certificação pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia – FEBRASGO


Especialista em Endoscopia Ginecológica, Laparoscopia, Histeroscopia e Endometriose pela Santa Casa de São Paulo com certificação pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia – FEBRASGO

Fellowship em cirurgia minimamente invasiva e endometriose pela Universidade de Strasbourg, França e pelo IRCAD Strasbourg

Tutor da Academia Européia de cirurgia minimamente invasiva.

 

Professor dos cursos de Anatomia pélvica laparoscópica do IRCAD de Strasbourg e dos cursos de Endometriose, Ginecologia e Oncologia pélvica do IRCAD Brasil

Assistente do Serviço de Oncologia Ginecológica do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo - Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

1/1

NÃO ACEITAMOS CONVÊNIOS

Dr. Rodrigo Fernandes - CRM 130.684

FALE CONOSCO

Excelência

exige sensibilidade

GINECOLOGISTA ESPECIALISTA EM

Endometriose >>

Adenomiose >>

Miomas >>

Cistos ovarianos >>
Sangramento uterino disfuncional

Retirada do útero
Prolapso uterino

Tumores ginecológicos

Pólipos uterinos

CIRURGIAS GINECOLÓGICA

MINIMAMENTE  INVASIVAS

Laparoscopia

Histeroscopia

Robótica

A mulher e o cirurgião

Toda mulher vive um momento muito sensível quando tem um problema ginecológico e precisa passar por uma cirurgia. Afinal, desde a adolescência até a maturidade, através da anatomia, ciclos e funções do seu corpo, ela lida intimamente com aspectos emocionais de sua vida, definindo seus conceitos de feminilidade, sexualidade e maternidade. 

Por isso, buscamos primeiro compreender as ansiedades e expectativas da mulher, esclarecendo a situação com bases científicas e ajudando na tomada de decisão, para depois executar a melhor estratégia cirúrgica, guiado pela destreza de nossas mãos e por nosso profundo conhecimento anatômico.

 

Pensamos, sentimos e agimos com delicadeza e precisão, para preservar ao máximo as estruturas femininas e alcançar os melhores resultados.

Porque excelência exige sensibilidade. 

"Nós somos aquilo que repetidamente fazemos. 

Excelência, então,

não é um ato,

mas um hábito"

Aristóteles

Patologias tratadas

Endometriose >>
Presença de células semelhantes à camada do endométrio fora da cavidade uterina

Adenomiose >>

Crescimento de células do tecido endometrial entre as fibras musculares da parede uterina

Miomas >>

São considerados como um tumor benigno na estrutura da cavidade pélvica

Cistos de ovário >>
Comuns durante a fase reprodutiva da mulher, quando os hormônios estão em alta

Sangramento uterino disfuncional >>

Sangramentos uterinos de maior quantidade ou duração 

Retirada do útero >>

Procedimento realizado por laparoscopia, com alta precoce e mínimas complicações

Prolapso uterino >>
Colágeno dos ligamentos de sustentação e suspensão dos órgãos torna-se flácido

Tumores ginecológicos >>

Crescimento anormal de células localizadas no sistema reprodutor feminino

Pólipos uterinos >>

Crescimento desordenado da camada interna do útero com projeções da cavidade

 
 

Técnicas cirúrgicas minimamente invasivas

Vantagens das cirurgias minimamente invasivas

As cirurgias minimamente invasivas (laparoscopia e histeroscopia) são mais vantajosas em um grande número de tratamentos. Eis aqui algumas das vantagens:

• recuperação mais rápida
• alta hospitalar precoce
• estética
• retorno às atividades físicas com maior tranquilidade
• retorno ao trabalho mais cedo
• maior disposição
• menores taxas de infecção nas cicatrizes
• melhor visão para o cirurgião
• cirurgia padrão ouro para inúmeras doenças
• em casos oncológicos, abreviação do tempo para o início de quimioterapia e radioterapia

Maiores indicações:
• endometriose • miomas
• aderências • histerectomia (retirada do útero)
• cistos ovarianos
• câncer ginecológico (colo, endométrio, ovários)​

Laparoscopia

Através de instrumentos e câmeras de excelente qualidade introduzidos em pequenas incisões na pele,temos acesso ao abdome e pelve da paciente. Proporciona recuperação mais rápida quando comparada à técnica clássica aberta.

Histeroscopia

Através de instrumentos e câmeras de excelente qualidade introduzidos pelo canal endocervical no colo uterino, podemos observar e tratar diversas alterações da cavidade uterina. Sem cortes, possibilita alta no mesmo dia.

Robótica

Nos últimos anos a cirurgia minimamente invasiva ganhou uma nova ferramenta: o Robô. Com um console ao lado do paciente, o cirurgião controla os braços do robô e assistentes fazem as trocas das pinças ao longo da cirurgia. A plataforma no Brasil desde 2008 permite ao cirurgião estabilidade de câmera e instrumentos. As punções, ainda maiores do que as de laparoscopia (8mm x 5mm) são feitas mais altas no abdome. Com a frequente evolução da tecnologia, num futuro próximo novas plataformas robóticas tendem a facilitar e difundir a realização e procedimentos realizados por via minimamente invasiva. Hoje já existem procedimentos capazes de serem realizados por uma única incisão, os chamados "Single Port".